Plantão
Sul de Minas

Operação Sentido Obrigatório prende cinco suspeitos de venda de CNH

Publicado dia 22/04/2021 às 14h36min | Atualizado dia 22/04/2021 às 14h43min
Entre os presos estão um proprietário e um instrutor de autoescola em Itajubá.

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) desencadeou, na segunda-feira (19/4), a operação Sentido Obrigatório, com o cumprimento de cinco prisões e 16 mandados de busca e apreensão nas cidades de Itajubá e Maria da Fé, Sul do estado, e em Belo Horizonte. A investigação apura crimes de corrupção ativa e passiva que envolvem a compra de Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Entre os presos estão um proprietário e um instrutor de autoescola em Itajubá, além de um empresário, também do ramo, da capital mineira. Os mandados de busca foram cumpridos em residências de suspeitos de adquirirem habilitação mediante pagamento, sem o cumprimento dos trâmites legais, e nas casas de instrutores do centro de formação de condutores investigado na cidade do Sul de Minas.

Durante as apurações, foi levantado que dois dos investigados fazem parte da Junta Administrativa de Recursos de Infrações (JARI) de Itajubá. Quando no exercício dessa função, eles negociavam a baixa de multas mediante pagamento de valores. Ainda, nessa investigação, foi identificado também o envolvimento de ex-secretário municipal de Itajubá.

A operação contou com 40 policiais civis lotados em Itajubá, Cristina, Pedralva e Paraisópolis. As investigações continuam para identificar outros envolvidos. Os suspeitos foram encaminhados ao sistema prisional.

Fonte: ASCOM-PCMG/ Foto: reprodução/ Agência Brasil