Plantão
Sul de Minas

Briga de trânsito termina em tentativa de homicídio em Caxambu

Publicado dia 01/09/2020 às 03h56min | Atualizado dia 01/09/2020 às 04h08min
A confusão aconteceu após o veículo do autor esbarrar no carro de um pedreiro de 44 anos.

Em Caxambu, no final da tarde desse domingo (30), a Polícia Militar compareceu ao Bairro Caxambu Velho após o recebimento de uma denúncia de disparo de arma de fogo durante uma briga.

Durante o deslocamento os militares foram informados que as partes envolvidas na briga já estavam recebendo atendimento no hospital municipal e que uma pessoa estaria ameaçando familiares de um cidadão de 53 anos, autor do disparo.

No hospital, a equipe foi informada por familiares de um dos envolvidos que a confusão aconteceu após um acidente de trânsito em que o veículo do autor esbarrou no carro de um pedreiro de 44 anos, durante uma manobra para entrar na garagem. Ainda no hospital, os policiais souberam que a arma utilizada estava no local da briga, momento em que deslocaram até a Rua 25 de Dezembro e apreenderam um revólver calibre .38, com 04 munições deflagradas e 01 intacta, o qual estava com a filha de uma senhora de 59 anos, vítima de um dos disparos.

De volta ao pronto socorro, os policiais deram voz de prisão ao autor e tomaram conhecimento através do pedreiro, que é genro da vítima de 59 anos, de que após o incidente ele e autor chegaram a um acordo e cada um foi para sua residência, contudo, momentos após o autor saiu com a arma e iniciou uma discussão, sendo que a vítima de 57 anos, aposentado, juntamente com sua irmã de 59 anos, tentaram tirar a arma das mãos dele, entrando em luta corporal, ocasião em que o autor acionou o gatilho disparando três tiros contra o aposentado e um contra sua sogra.

O pedreiro também relatou que a após a confusão colocou as vítimas em seu carro e ao tentar sair foi impedido pelo filho do autor, um jovem de 28 anos, que chegou e passou a intimidá-lo mostrando uma arma em sua cintura.

Diante da informação, uma das equipes foi atrás do jovem e conseguiu encontra-lo. Ao perguntarem sobre a arma ele confessou que tinha um revólver calibre .38 em sua casa e levou a equipe até a casa de sua mãe, no Bairro Belvedere, mas ao chegar disse que errou o endereço e foi até lá apenas para pegar a chave de sua casa, que fica no Bairro Santo Antônio.

Chegando na casa do jovem foi constatado que sua mãe estava no imóvel, juntamente com a esposa dele, uma jovem de 26 anos. O autor entregou aos militares um revólver calibre .38 e 07 munições intactas do mesmo calibre, sendo o casal preso por posse ilegal de arma de fogo.

Diante dos fatos, o autor da tentativa de homicídio e o casal foram conduzidos à Delegacia de Polícia de São Lourenço, juntamente com as armas apreendidas, onde o Delegado de plantão ratificou a prisão do autor de 53 anos e liberou o casal.

Quanto as vítimas, a senhora de 59 anos foi atendida e liberada por não apresentar risco de morte, já o aposentado de 57 anos permaneceu internado devido à necessidade de intervenção cirúrgica.

 

A imagem pode conter: texto que diz "POLÍCIA MILITAR e M"

 

 

 

Fonte: P5 do 57º BPM