Plantão
São Lourenço

Educação capacita profissionais para atender alunos em aulas remotas

Publicado dia 19/01/2021 às 21h12min
A Prefeitura de São Lourenço realocou os profissionais nas escolas para ajudar na produção de materiais pedagógicos que auxiliarão os estudantes e familiares nas aulas remotas.

Auxiliares de creche, bibliotecários e inspetores de aluno que atuam na Secretaria Municipal de Educação e que estavam com os contratos suspensos em função da pandemia do novo Coronavírus participaram de uma capacitação da Secretaria Municipal de Saúde, com o objetivo de auxiliar os estudantes em aulas remotas.

Com a ausência de uma data definida para o retorno das aulas presenciais, a Prefeitura de São Lourenço realocou os profissionais nas escolas para ajudar na produção de materiais pedagógicos que auxiliarão os estudantes e familiares nas aulas remotas. Esses profissionais ainda atuarão na busca ativa dos alunos que não estão realizando as atividades propostas, levando ao conhecimento dos diretores as necessidades de cada estudante. 

O período letivo de 2020 se encerra no próximo dia 27 de janeiro e logo após as férias, que ocorrerão em fevereiro, terá início o período letivo do ano de 2021, nesse período os profissionais farão todo o levantamento das atividades direcionadas aos alunos para que retornem, em março, com os materiais necessários e um atendimento individualizado, mesmo que de forma remota.

De acordo com a secretária de Educação Mariane Silva Papini, esses profissionais irão colaborar com uma melhor qualidade no desenvolvimento das atividades não presenciais.

“Esses profissionais poderão fazer um trabalho diferenciado, na confecção de materiais pedagógicos voltados para a necessidade de cada criança, fazendo uma busca ativa não só da criança, mas auxiliando as famílias nas necessidades educacionais através de orientações específicas, desta forma os estudantes continuarão se desenvolvendo de forma efetiva, mesmo nesse período de aulas remotas”, disse a secretária.

O farmacêutico da Vigilância Sanitária municipal, Ricardo Silveira, foi quem ministrou o curso e a abordou as formas de cuidados que os profissionais deverão observar. “Estamos capacitando em todos os critérios sanitários de segurança para que possam abordar de forma individual de acordo com a característica de cada pessoa, respeitando suas particularidades e de forma correta”, disse o técnico da Secretaria Municipal de Saúde.

“A gente utiliza três regras básicas de segurança para todas nossas ações. A primeira regra é a utilização da máscara, o distanciamento seguro e a terceira é a higienização das mãos, principalmente”, complementou.

A capacitação foi ministrada na área de convivência do Centro Municipal de Ensino Infantil (CEMEI) Noêmia Goulart Ferreira, que é um local arejado. Todos os presentes usaram máscaras e mantiveram o distanciamento.

Fonte: Comunicação/ P.M.S.L