Plantão
Minas Gerais

Sejusp realiza leilão de veículos apreendidos em operações contra o tráfico de drogas

Publicado dia 17/02/2021 às 20h32min | Atualizado dia 17/02/2021 às 20h47min
Oito veículos estão disponíveis para o arremate; ação busca angariar recursos e reforçar políticas de prevenção à criminalidade no estado

Oito veículos apreendidos em operações contra o tráfico de drogas e outros crimes relacionados serão leiloados, de forma virtual, na próxima terça-feira (23/2). Este será o primeiro leilão promovido pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) em 2021. Entre os veículos disponíveis para ofertas estão sete carros, incluindo Palio Fire, Idea Adventure Flex, Palio Fire Economy e VW Golf, além de uma moto Honda CG 150 Titan.

 

A iniciativa faz parte do projeto “Esforço Concentrado para a Redução dos Bens Aguardando Destinação”, do Ministério da Justiça e Segurança Pública, via Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), em parceria com o Governo do Estado de Minas Gerais, por meio da Sejusp.

 

Os lances já podem ser realizados por meio do site: http://www.mgl.com.br/leilao/11694/lotes.

Na página é possível conhecer os veículos e conferir os lances já efetuados.

 

Os itens considerados recuperáveis podem voltar à circulação e têm direito à documentação. Os arrematantes são isentos de multas, encargos e tributos anteriores à aquisição. Já os bens alienados como sucatas irrecuperáveis só podem ser vendidos para empresas de desmonte ou reciclagem, devidamente credenciadas em órgãos de trânsito.

 

Cadastro

Para participar do leilão é preciso realizar o cadastramento no site do leiloeiro público oficial com antecedência mínima de 48 horas. Em virtude da pandemia de covid-19, da mesma forma que os leilões anteriores, os arremates serão realizados apenas on-line. Demais informações podem ser conferidas no edital, disponível neste link.

 

Aqueles que desejarem podem também conhecer os itens pessoalmente. Eles estarão disponíveis nos locais indicados em cada lote ou no pátio do leiloeiro público oficial. A visitação ocorrerá na segunda-feira (22/2), dia anterior ao leilão.

 

“Estes leilões geram recursos que são utilizados no enfrentamento à violência e à criminalidade, bem como na prevenção ao tráfico de drogas e outras ações relacionadas a estes delitos”, detalha a subsecretária de Prevenção à Criminalidade da Sejusp, Andreza Gomes.

Aplicação de recursos

Os recursos angariados nos leilões são utilizados especialmente para ações de redução da oferta, redução da demanda, campanhas, estudos e capacitações relacionadas à temática sobre drogas. Além disso, são também aplicados na própria gestão do Fundo Nacional Antidrogas (Funad) e nas despesas decorrentes do cumprimento das atribuições da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas, órgão gestor do fundo.

 

A redução da oferta, por exemplo, consiste em projetos de reaparelhamento e custeio das atividades de fiscalização, controle e repressão ao uso e tráfico ilícitos de drogas e produtos controlados. Já a redução da demanda está relacionada a programas de prevenção, atenção, cuidado, tratamento e reinserção social de usuários de drogas.

 

Pode ser uma imagem de automóvel e ao ar livre

 

Pode ser uma imagem de automóvel e ao ar livre

 

Pode ser uma imagem de automóvel

Fonte: Agência Minas