Canal Potência

Sul de Minas

Maiores do Sul de Minas fecham 676 postos de trabalho em janeiro, apontam números do Caged

Desempenho é pior do que o início de 2018, quando 113 vagas tinham sido fechadas nas 10 maiores da região.

As 10 maiores cidades do Sul de Minas fecharam 676 vagas de trabalho com carteira assinada em janeiro conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério da Economia nesta quinta-feira (28). O desempenho é pior que o mesmo período do ano passado, quando foram fechadas 113 vagas.

Em todo o Brasil foram criadas 34,3 mil vagas em janeiro, queda de 56% em relação a 2018. Já em Minas Gerais, o saldo de geração de empregos em janeiro fechou em + 1.492 vagas.

Apenas Alfenas e Itajubá fecharam o mês de janeiro com números positivos de geração de empregos: +92 e +34. Entre as maiores da região, Varginha foi a que registrou o pior número, com fechamento de 260 vagas, sendo 174 somente no comércio.

Confira como fechou o saldo de geração de empregos em janeiro nas 10 maiores cidades:

 

  • Alfenas: +92
  • Itajubá: +34
  • Três Pontas: -8
  • Lavras: -28
  • S. S. Paraíso: -63
  • Três Corações: -94
  • Poços de Caldas: -104
  • Passos: -119
  • Pouso Alegre: -126
  • Varginha: -260

 

Pouso Alegre foi a segunda com maior fechamento de vagas, com saldo negativo de 126. Na cidade, pesou o mau desempenho da construção civil, que teve saldo negativo de 125. No entanto, a indústria fechou o mês com saldo positivo de 81 vagas, o melhor entre as 10 maiores.

Entre os setores da economia, destaque para a indústria, que fechou janeiro com saldo de +153 vagas no acumulado das 10 maiores cidades. Já o comércio foi o destaque negativo, com fechamento de 773 vagas nas maiores, principalmente pelo fim dos contratos temporários de fim de ano.

Página:

http://www.canalpotencia.com.br/noticia/sul-de-minas/2019/03/01/maiores-do-sul-de-minas-fecham-676-postos-de-trabalho-em-janeiro-apontam-numeros-do-caged/311.html